Para a grande maioria das pessoas, vender ou alugar um imóvel está relacionado basicamente em adquirir uma quantia financeira elevada, de uma só vez, ou quantias razoáveis mensalmente, para um rendimento a médio ou longo prazo. Mas acredite, as possibilidades, benefícios e atenções sobre o que fazer com seu imóvel vão muito além disso.
Terramar

Se você tem um imóvel parado e quer gerar renda, certamente a dúvida entre vender ou alugar o imóvel já passou pela sua cabeça. Para a grande maioria das pessoas, vender ou alugar um imóvel está relacionado basicamente em adquirir uma quantia financeira elevada, de uma só vez, ou quantias razoáveis mensalmente, para um rendimento a médio ou longo prazo. Mas acredite, as possibilidades, benefícios e atenções sobre o que fazer com seu imóvel vão muito além disso.

Por isso, para te ajudar a tomar a melhor decisão, separamos alguns fatores que você precisa considerar em cada uma dessas alternativas. Então, continue lendo!

Vender o imóvel é a melhor opção?

Seja qual for o motivo da venda, algumas perguntas precisam ser respondidas por você, proprietário do imóvel. Dentre os questionamentos está: “o que será feito com o dinheiro?”. Como dissemos, quando uma pessoa decide por vender o imóvel, ela receberá uma quantia financeira considerável e de uma só vez (dependendo da negociação).

Então, seja para quitar uma dívida, investir em um negócio ou até mesmo para custear uma emergência familiar, sobretudo, é fundamental saber que da mesma forma em que o dinheiro vai entrar na conta, ele pode sair.

LEIA AINDA: Veja 4 motivos que faz do investimento imobiliário, o melhor do mercado atualmente

Por isso, a nossa recomendação é sempre analisar com bastante atenção e cuidado todas as possibilidades para não se arrepender depois. Agora, se ainda está em dúvida se vender é um bom negócio ou não, converse com uma equipe que realmente entende da região em que você mora e que possa ajudá-lo da melhor forma, inclusive para realizar o melhor negócio para você.

Alugar o imóvel em Novo Hamburgo, é a melhor opção?

Agora, se o seu objetivo é disponibilizar o seu imóvel para locação, alguns benefícios também serão incluídos nesta tomada de decisão. Dentre as mais impactantes e que você precisa saber, com certeza, é que por um bom tempo poderá estar livre de alguns gastos extras. Segundo a Lei do Inquilinato, você [proprietário] é responsável pela maioria das taxas do imóvel. Mas existe a possibilidade de transferir essas taxas para o inquilino, uma vez que ele estará usufruindo do patrimônio, de forma consensual e legal. Basta estar tudo em contrato. Ou seja, você pode deixar de ter gastos como o IPTU e condomínio deste imóvel que está parado e economizar.

LEIA TAMBÉM: Entenda como evitar erros em contratos de locação de imóveis

Além desse benefício, saber que terá uma renda extra, com o aluguel, pode ser uma vantagem e tanto. Ainda mais se tratando do mercado imobiliário, um dos segmentos mais seguros atualmente. Outro ponto importante, é a expectativa de gerar receita e ainda manter em seu nome um bem que só tende a valorizar.

Já decidi o que fazer com meu imóvel, e agora?

Pronto! Seja qual for a sua decisão – alugar ou vender o seu imóvel – o próximo passo é contar com uma imobiliária experiente para achar o comprador ou inquilino ideal para o seu imóvel. Venha conversar com a gente. Fale conosco pelo WhatsApp (51) 99989-9300. Também estamos no Instagram, Facebook.