Vender um imóvel pode ser um processo demorado e desafiador, especialmente quando o imóvel em questão está alugado. Por isso é fundamental estar ciente das principais regras e os procedimentos necessários para vender um imóvel que está sendo alugado por um inquilino.
Terramar

Vender um imóvel pode ser um processo demorado e desafiador, especialmente quando o imóvel em questão está alugado. É importante estar ciente das principais regras e procedimentos necessários para vender um imóvel que está sendo ocupado por um inquilino. Então, continue lendo.

Notificar o inquilino

Antes de começar a pensar em vender o imóvel, é importante notificar o inquilino. Para isso, o primeiro passo é que o proprietário forneça ao atual morador a chamada Carta de Preferência de Compra. De acordo com a Lei do Inquilinato, todo inquilino deverá ter a preferência de compra do imóvel alugado. Esta notificação por escrito informa que o proprietário tem o interesse de vender o imóvel. A partir disso, o inquilino tem um prazo de 30 dias para se posicionar sobre o interesse, ou não, de comprá-lo.

É a partir de então que o proprietário pode, de fato, colocar o imóvel disponível ao mercado.

Sendo assim, se não houver interesse ou condições de comprar o imóvel, o inquilino precisa saber que o imóvel estará aberto à visitação de possíveis compradores. Mas a agenda dessas visitas deverá ser feita diretamente com o inquilino, já que ele é o morador atual.

LEIA MAIS: Quais os documentos necessários para vender um imóvel em Novo Hamburgo (RS)?

Colaboração com o inquilino

A colaboração com o inquilino é fundamental para garantir uma venda tranquila do imóvel. Antes de colocar o imóvel no mercado, é importante conversar com o inquilino e concordar com um plano para mostrar o imóvel a potenciais compradores. Também é importante garantir que o inquilino esteja ciente de qualquer programação de visitas e horários, para minimizar interrupções na vida cotidiana do inquilino.

Se o imóvel precisar de reparos ou atualizações, é importante trabalhar com o inquilino para encontrar uma solução. É possível oferecer descontos no aluguel para compensar o inconveniente ou oferecer a opção de fazer as atualizações necessárias em troca de uma renovação no contrato de locação.

Conheça as leis e regulamentos locais

Outro ponto fundamental para quem deseja vender um imóvel que está alugado é de extrema importância conhecer as leis e regulamentos locais. Cada estado e município tem suas próprias leis sobre como os imóveis alugados podem ser vendidos.

LEIA TAMBÉM: 4 dicas para vender o seu imóvel ainda mais rápido em Novo Hamburgo

Se você tem a intenção em vender um imóvel, venha conversar com um dos nossos especialistas. Além de sanar suas dúvidas, podemos achar o comprador ideal para o seu imóvel. Aproveite! Também estamos no Instagram, Facebook e no WhatsApp (51) 99989-9300.